Voltar para Saiba mais

Problemas de relacionamento

Experiência amorosa: Quem disse que o amor sempre vale a pena?

Quase todos carregam experiências amorosas consigo, mas, não importa como tenha sido seu relacionamento passado, (se sofreu alguma decepção amorosa, por exemplo), você controla seu futuro e sua próxima experiência amorosa. Ao lidar com sua experiência amorosa sobre algum relacionamento passado, você vai tirar um peso dos ombros. Descrevemos aqui alguns dos problemas de relacionamento mais comuns.

1. Fobia de relacionamento: Talvez tenha tido uma má "impressão" sobre relacionamento amoroso enquanto crescia e aprendeu que o amor pode levar a uma experiência amorosa negativas. Talvez tenha tido uma decepção amorosa em um relacionamento passado e isso o fez sentir como se o amor não vale a pena. Ninguém precisa necessariamente estar envolvido em um relacionamento amoroso – muita gente consegue ser feliz sozinho – mas, se você costuma investir em alguém e tira o corpo fora quando percebe que é correspondido ou prende essa pessoa nessa experiência amorosa de alguma maneira sem se envolver emocionalmente com ela, seus problemas de relacionamento vão prejudicar não só a si mesmo, mas aos outros. Não há uma solução mágica esses problemas de relacionamento, mas examinar seu passado e algum relacionamento passado em específico para descobrir quais são seus padrões de comportamento em um relacionamento e identificar se houve algum momento em que se sentiu feliz com alguém pode ajudar a mudar suas ações e seus padrões de comportamento daí pra frente. Não pressione a si mesmo para ter um relacionamento amoroso se não estiver pronto ou pronta para o amor, mas tente separar as verdadeiras emoções dos padrões de comportamento negativos aprendidos ao longo da vida. Se não está pronto ou pronta para o amor, seja honesto com seu parceiro. Contudo, se é apenas uma relação física, lembre-se sempre de manter a segurança.

2. Problemas de relacionamento: Sentir-se abandonado ou abandonada. O divórcio é comum hoje em dia e é algo que pode colaborar para que a pessoa sinta-se abandonado ou abandonada. Isso pode levá-lo a uma atitude muito possessiva, de codependência e, ironicamente, afastar as pessoas que gostam de você, provando que seus medos têm fundamento mediante ao seu relacionamento passado. Aprenda a amar a si mesmo e estará mais propenso a ter um relacionamento feliz e saudável.

3. Problemas de relacionamento: Auto sabotagem. Quando você não se sente digno de um relacionamento amoroso e pensa que o amor não vale a pena, é fácil cometer auto sabotagem com sua vida, pois acha que não merece ser feliz em um relacionamento amoroso e que a única saída é ser feliz sozinho. Depender de bebida, drogas e sexo com pessoas que podem trazer algum perigo (como aquelas que não estão disponíveis) pode indicar que você não valoriza a si mesmo. Isso é auto sabotagem! Os padrões de comportamento tendem a ser um espelho do que sentimos. Sentir aversão por si mesmo pode levá-lo a uma experiência amorosa negativa.

Uma experiência amorosa é formada de muitas maneiras e não é vergonha alguma procurar ajuda para entender melhor seus padrões de comportamento e seus problemas de relacionamento. A terapia auxilia naquela hora em que tudo parece estar difícil demais para ser feliz sozinho, bem como amigos e familiares atenciosos. Seja honesto consigo mesmo, assuma a responsabilidade pelos padrões de comportamento que reproduz (isso não significa que as coisas ruins que aconteceram foram culpa sua, mas escolher permanecer em uma situação ruim pode indicar um problema na sua autoestima) e, acima de tudo, ame a si mesmo. Faça coisas de que gosta, cuide do corpo e da autoestima. Talvez isso torne mais fácil buscar um "e viveram felizes para sempre" para sua história.

"Os padrões de ação tendem a ser um espelho do que sentimos. Sentir aversão por si mesmo pode levar a relacionamentos negativos."